terça-feira, 21 de abril de 2015

Esvaziar a mente

Esvaziar a mente e não reter excessos é o caminho para manter aquilo que mais importa, como fazer um 5 s da qualidade, promover um house keeping de informação, e creio que para manter um critério apropriado precisamos constantemente lembrar daquilo que nos é dado com tal preciosidade que em dias atuais, passa " batido" para muitos, nossa humanidade.
Apesar de tantos recursos tecnológicos e tanta modernidade o prazer de uma boa " folheada" de livro, o cheiro do papel, o barulho da página virando nos remete a magia da leitura e nos conecta com nossos sentimentos mais íntimos, lá aonde máquina alguma chegará.
Ana Maria Vavassori

Hipocrisia reina e a vida segue ..

Desde que acabou a novela do Comendador a TV tem permanecido DESLIGADA, e eu com tanto pra fazer fui esquecendo dia a dia de ligar, assistir e perdi o " costume".
Hoje na continuidade do feriado, deitei na cama e liguei a TV, pois ouvi e li tanto contra a tal trágica, arrebatadora nova novela imoral e blá blá blá que resolvi assisti-la.

Segue minhas considerações...

Não vi nada de muito diferente da natureza novelística já cultuada há séculos pela Rede Globo, sexo, prostituição, política suja, mentira, pobres, ricos e tudo girando em torno de quem fica com quem e alguns que se sobressaem, ou nos dão alguma ou outra lição positiva.
Eis que entra o Chay Sued, aquela coisinha linda com uma namoradinha pelo que entendi, a garota surta porque o Lindinho-gatérrimo-com cara de cheiroso tem duas mães, ou seja, foi criado por um " casal" de mulheres.
Então, todo furdúncio por conta dessa novela é por preconceito quanto ao homossexualismo ?
É isso mesmo produção ?
A garota disse em sua narrativa que por duas mulheres se amarem era pecadoras e deveriam fazer " atrocidades " na frente dele ?
De onde tiram a ideia de que por ser diferente em suas escolhas, os homossexuais não possuem limites, educação , bom senso e bom gosto ?
Pouco me importa quem dorme com quem minha gente, o que cada um faz em sua cama pertence aos pares.
O importante é o amor, e ele pode existir entre um homem e uma mulher, um homem e um homem ou uma mulher e uma mulher.
O que me assusta de verdade é que ainda existam pessoas que não possuem capacidade de entender o amor, e confundem desvios de caráter ou perversidade com opção sexual.
Tenho amigos gays maravilhosos e heteros tão maravilhosos quanto, gente de verdade que sabe amar, o importante é que saiba amar, e respeite o direito do outro amar quem quiser e desejar, o resto é preconceito ou blá blá blá de quem não faz amor gostoso e fica por aí tentando azedar a vida alheia,
Amem mais, transem mais e deixem os outros viverem como lhes convier, não tem nada para fazer ? Ajude quem tem fome, quem tem sede, cuide de quem precisa e a vida vai ficar mais leve para todos.
Ana Maria Vavassori

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Desenvolvimento de um país


Indignação Política

Sempre esperamos dos outros aquilo que nós mesmos somos capazes de fazer, aquilo que retornamos ao outro, como nos dedicamos é reflexo do caráter e dignidade em lidar com a imperfeição inerente a todo ser humano.Quando me digno a fazer algo, procuro fazê-lo com dedicação e afinco para que tudo fique a contento, e para que os envolvidos fiquem certos de que minha responsabilidade e ação são adequadas. Então quando toda minha dedicação e presteza passa a ser ignorada é inevitável minha observação de que a ingratidão conferida pelos que me dignei ajudar salte aos olhos e provoca-me real indignação, não fosse esse um caso público na política, e não fosse eu tão preocupada com o tema, certamente deixaria quieto para que a justiça fosse feita a contento, mas nesse caso tenho enorme responsabilidade envolvida e minha coerência me cobra insistentemente uma atitude pública de esclarecimento, pois considero o voto uma preciosidade política e verdadeira forma de buscar mudanças significativas. Nas ultimas eleições todos puderam perceber que trabalhei com afinco para um determinado vereador da nossa cidade, pedindo votos e divulgando meu apoio a candidatura do mesmo que pleiteava ser deputado estadual, e eu tinha real convicção de que essa pessoa nos representaria muito bem, imaginava ser ele uma pessoa justa e coerente. Envolvi muitas pessoas nessa minha empreitada, meu pai Tarcísio Vavassori formou uma equipe de trabalho com seus amigos experientes na questão política em prol desse então candidato, toda minha família se empenhou, amigos que empenharam-se a meu pedido, minha filha Anna Carolina e especialmente meu amigo Keko Jeferson, secretário de Saúde de Araquari que fez a gentileza de buscar votos aqui em Joinville para o referido candidato em consideração a nossa amizade. Fizemos tudo isso com a intenção de divulgar um candidato que achávamos ter boa índole e aplicabilidade de uma nova política tão desejada por todos. Trabalhamos muito e com real dedicação, sem exigir nada em troca, pois acreditávamos estar trabalhando pelo bem comum e em prol da coletividade. É sabido por todos que o referido candidato não se elegeu apesar de nossos esforços e de toda equipe, mas o que me leva a escrever esse texto e publicamente falar sobre o assunto é a ingratidão que vivenciei por parte do candidato a deputado estadual em questão e atual vereador, pois depois de toda dedicação após a campanha o vereador deixou de me atender, passou a não responder minhas mensagens e nem se deu ao trabalho de agradecer as pessoas que a meu pedido, trabalharam gratuitamente para ele, mostrando a real face da ingratidão e total descaso com o cidadão, pois deixou de atender pedidos pertinentes na área da educação a que me dedico, por sequer atender minhas ligações,. A todos amigos que trabalharam comigo nessa empreitada quero pedir-lhes desculpas pois jamais imaginei que o referido vereador agisse com tamanho descaso ao cidadão que por ele trabalhou duramente, para as centenas de amigos que pedi o voto para esse vereador no pleito de 2014, peço minhas sinceras desculpas, pois não poderia imaginar que a pessoa para quem avidamente trabalhei sem cobrar um centavo iria nos virar as costas de forma tão indigna, mostrando sua face real e falta de gratidão, que no meu ponto de vista é uma falha de caráter imperdoável para quem se diz representante do povo digno e se orgulha de ser o único vereador a não usar o automóvel alugado da câmara de vereadores de Joinville, mas deixa o cidadão sem repostas, não os atende e nem sequer tem a dignidade de fazer valer sua palavra empenhada de que seria a mudança que buscamos na política. Deixo aqui registrado que sou PDT e assim como meus partidários privo pelo bem comum e pela coletividade, e que as atitudes do vereador não condizem com aquilo que prego , pois meu discurso não é vazio, e sim amparado em atitudes e ações coerentes, e por esse motivo peço perdão à todos que confiaram na minha escolha, enganei-me quanto ao referido vereador e esclareço que James Schroeder não me representa, minha decepção causa-me real tristeza e a certeza de que devo essa satisfação a todos que em mim confiaram, sou justa e agradeço a cada pessoa que me ajudou nesse pleito e reitero que eu, Ana Maria Vavassori não esquecerei de cada um que empenhou seu voto a meu pedido e por isso estou aqui para continuar nossa busca por mudanças significativas e qualitativas em nossa política, pois procuro melhorar a cada dia e tenho plena certeza que o tempo está a favor da justiça e dignidade e dias melhores virão, pois o CERTO não deixa de ser certo somente porque alguns demonstram fraqueza de caráter para reconhecer. Ana Maria Vavassori

Prece pelo discernimento

Que Deus não me permita desistir das pessoas mesmo quando se mostram incapazes de compreender a importância da aplicabilidade de suas palavras, que não adianta combater preconceito com preconceito ainda maior.
Que as pessoas compreendam que o certo não se modifica, só porque acha que suas ideias prevalecem aos que pensam diferente.
Que o respeito seja a premissa no embate e que para se fazer diferença no mundo precisamos olhar o ponto de vista alheio com generosidade principalmente quando pensam diferente de nós.
Somente assim criaremos condições dignas de um futuro melhor para todos, pois viver em sociedade vai muito além daquilo que aparentamos ser, nossa essência fala mais alto, então que sejamos dignos na amplitude da palavra e generosos na vivência do dia dia ...
Ana Maria Vavassori

domingo, 15 de fevereiro de 2015

"Cadê a tampa dessa panela?"

Hoje enquanto cozinha o frango com pimentões que eu adooooro estava pensando que embora tenha várias panelas em casa, eu sempre procuro uma panelinha para cozinhar que não tem tampa, é uma panela de ferro e gosto dela, me afeiçoei à ela, as carnes que preparo acho que ficam mais saborosas naquela panela, mania minha por certo, mas quando termino de cozinhar e procuro a tampa para que a comida não esfrie, vem a indignação...
                        "cadê a tampa dessa panela?"
Ela não tem tampa, preciso sempre providenciar outra tampa de outra panela, e nesse momento eu a olho e compreendo seu momento, de se sentir agoniada quando lhe querem colocar a tampa "alheia" ... pois ela sozinha me proporcionou todo o cozimento adequado e saboroso ao meu prato e agora no final das contas quero abafá-la com uma tampa alheia ? 
Ok Panelinha querida estou providenciando uma tampa exclusiva para vc que não seja de ninguém e sim destinada à vc, e então imagino o sabor dos próximos pratos que prepararemos juntas eu , vc e a aquela tampa que é sua por merecimento ...
Ana Maria Vavassori

EDUCAÇÃO vem de berço.

Justiça seja feita, temos muitos problemas na educação, mas antes do governo, há que se observar que quando a 'família' melhorar a qualidade das ações que lhe cabe, todas as outras partes se encaixarão melhor no contexto, não teremos governos mais atentos a educação sem família mais atentas a seus filhos, e em consequência os professores poderão melhorar a qualidade daquilo que lhes cabe que é o conhecimento.
Assim vira efeito dominó positivo em vez de derrubar as peças, levantaremos uns aos outros e vislumbraremos melhores governos, melhores serviços e melhores 'humanos'.
Ana Maria Vavassori

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Laços de Família

Ontem na hora do almoço conversava com meu pai e minha filha sobre política como fazemos sempre, e como sempre falamos de história e muitas outras coisas que permeiam nossas conversas quando estamos os três juntos.
Nenhum lugar no mundo seria tão bom e eficaz do que quando vivenciamos esses momentos e assim como eu, minha preciosa adora ouvir a experiência de vida de meu pai.
Eu sempre me encantei com a perspicácia de meu pai que observa sabiamente a vida, quando nos conta histórias da época em que era caminhoneiro pelas estradas desse nosso país , quando as estradas eram tortuosas e como meu pai lembra detalhadamente dos fatos políticos vivenciados que lemos nos livros de história, meu nono Giuseppe e me avô Alberto partiram cedo mas lembro das coisas que me contavam , e fico duplamente feliz por ouvir meu pai e ver os olhinhos brilhantes de curiosidade da minha filha desde pequena, quando escuta o avô falar ... Ontem ela terminou o almoço dizendo :

"- eu Aprendo mais com meu avô do que nas aulas de história "

Não desmerecendo os professores, mas isso não tem dinheiro no mundo que pague e eu valorizo isso que chamamos de valores de família, coisa que anda meio fora de moda e que anda em falta por aí ,mas aqui temos de sobra e esse é o caminho .
Ana Maria Vavassori

Sou bem nascida

Tempos atrás uma "amiga" me que sou "elitista" e preconceituosa ! Silenciei pois como sempre digo a interpretação é livre! E as pessoas julgam-me porque tenho cara de "bem" nascida e lhes digo que nasci bem mesmo, numa família de valores dignos, na qual aprendi desde cedo a noção de certo e errado, uma família modesta que veio da "roça" lá de Luis Alves, aonde nossos antepassados aportaram quando vieram da Itália atrás de um mundo novo no pós guerra. Uma família grande, que posteriormente veio buscar novas oportunidades em cidades vizinhas como Guaramirim e Joinville, uma família cujo pai era caminhoneiro e andava pelas difíceis estradas desse país conquistando o sustento de suas quatro filhas, e com o suor do seu rosto pagou nossos estudos nos melhores colégios , sem bolsa de estudo ou bolsa sei lá o que, um pai que nos cobrou dedicação e apreço pelo ensino e nos ensinou o valor das pessoas e sentimentos, e cada vez que ele saia para uma viagem ao Acre, por exemplo meu coração de criança doia de ficar 21 dias sem ver meu pai, e ele nos dizia :

" - obedeçam sua mãe e comportem-se!"

Beijava cada uma e saia, e quando chegava sempre trazia doces porque nos telefonava ( telefonar era um privilégio na época ) para saber se estávamos nos comportando como ele havia pedido!
Então quero dizer que sou bem nascida sim , porque meus país nos criaram bem e meu pai ralou muito pelas estradas da vida para nos dar boa e valorosa educação, e não sou melhor do que ninguém , apenas sou grata por tudo que aprendi e creio que o mundo ficaria mais habitável se todos fizessem sua parte, e trabalhassem efetivamente para um mundo melhor e mais digno para todos!
No trabalho árduo e na educação construiremos um país mais digno para todos, e se isso é ser " bem nascida " eu sou sim, nascida numa família valorosa que desde muito antes de minha pessoa vir ao mundo, já sabiam os valores de dignidade dos "bem nascidos" independente de nascer em solos Brasilis ou não !
Ana Maria Vavassori

Odioso jeitinho "brasileiro"

Acho odioso esse " jeitinho" que engana, transgride e infelizmente vira regra de conduta generalizada de um povo que muito reclama de corrupção e se nega a entender, que as pequenas ações corriqueiras do dia a dia são tão corruptas ou mais que os grandes atos de corrupção, pois enraízam esse mal que assola nosso país e denigre nossa imagem . Agora em época de campanha vemos as " compras " camufladas de eleitores que se vendem fazendo campanha para aqueles que não acreditam ou aprovam, apenas por dinheiro. Lamentavelmente observamos candidatos " comprando " seus eleitores e ainda mais indigno aquele que se vende, pois certamente está recebendo mais do que merece, e nesse tipo de transação quem paga a conta é o bem senso e o bem comum !
Ana Maria Vavassori

Ame-se e tudo será mais simples

Sempre preocupa-me o que as pessoas deixam de fazer por conta das regras e padrões impostos pela hipócrita sociedade na qual estamos inseridos . Eu fui uma adolescente gordinha, mas nunca deixei de fazer aquilo que queria por esse motivo, sempre gostei de quem sou e sempre ouvi a frase " que rosto lindo vc tem, porque não emagrece? " muitas vezes chorei de indignação e raiva por conta disso, mas com o tempo aprendi que não importa o que os outros pensam e sim o que sou, por algum motivo, sou precoce Rssssss
Nasci prematuramente, comecei a primeira faculdade aos 17 anos e formei-me com 21 anos num curso meio masculino para os dourados anos 80, início de 90, processamento de dados que hoje chamamos de Ciência da Computação.
Então vivenciei o preconceito pelo peso, o preconceito por ser mulher numa profissão que até então era masculinizada, o preconceito por escolhas minhas que eram bem nítidas pra mim e nem por isso fáceis de enfrentar.
E preocupa-me esse tipo de exclusão que as pessoas fazem e o sentimento de dor que provocam deixando cada vez mais o inseguras as jovens meninas, que ainda não compreendem que nosso criador é um artesão magnânimo e não trabalha em linha de produção, e nas peculiares diferenças estão os valorosos detalhes de uma obra de arte!
O importante é ser feliz do seu jeito e deixar que todos sejam felizes a sua maneira.
Ame a si mesmo e então serás generoso com teu próximo !
Ana Maria Vavassori

Sou intensamente Ana

Sou assim intensamente Ana Maria, não acordo antes do meu Negão encorpado e forte ser saboreado, depois o despertar do bom e velho chuveiro e aquela água que me remete paz e equilíbrio e então meu santo rímel de todo dia, não sou eu mesma, sem esse rímel e aí o dia começa e independente de um horário específico encararei o dia com a mesma coragem que encaro a mim mesma no espelho antes do Negão encorpado do dia ...
Sou destemida e falo alto, sou detalhadamente organizada e para meu cérebro funcionar bem e meu corpo responder preciso de organização, então posso ser a "chatinha" que arruma a cama com cobertas melimetricamente esticadinha e organiza as roupas por cores, mas é pura necessidade.
Amo queijo e iogurte, e para minha cabeça funcionar bem e decisões serem prontamente tomadas preciso ouvir meu velho e bom rock no talo, em meus inseparáveis fones de ouvido.
A água tem poder transformador em meu sistema nervoso,então um copo de água gelada faz milagres com meu raciocínio e sentimentos.
Não sei ser descabelada, é do meu perfil e nunca estou com as unhas sem fazer, não seria eu senão fosse assim. Não ando sem filtro solar , e sol mesmo eu gosto de olhar da sombra e me inspirar , branquela que sou.
Bebidas prefiro as de "bolinhas" , água de bolinha e champagne geladinhas são mais convidativas, mas em segundo vem meu velho e bom vinho.
Troco qualquer balada pelo aconchego de casa, um bom filme, um bom livro e boas companhias. Sou avessa as badalaçoes, e só vou quando é para prestigiar amigos ou amigas, que são do tipo pedaços de mim ... Não sei gostar pouco, me afeiçoar pouco, não sei nadar, mas se algum amigo ou amiga estiver atravessando um rio em apuros dou um jeito de estar junto! Muito comumente fiz coisas inéditas para mim em função das necessidades de um amigo ou amiga.
Não há para mim tempo ruim quando um amigo me chama.
Ajudo à todos que me pedem e certamente , muitos se aproveitam dessa minha disponibilidade, mas não me preocupo com o que fazem daquilo que faço, eu faço o que julgo certo e meu coração me pede, se o outro não sabe entender problema dele, para trouxa nunca prestei, pois ser boa é diferente de ser boba!
Eu sou detalhista e como tal observo atentamente as pessoas na ânsia de aprender, sendo eu essa "irritante " auto didata que busca incansavelmente o aprendizado e evolução!
Mas não pensem que sou perfeita, eu erro muito e quebro a cara , mas me refaço e aprendo a lição e nunca desejei acertar em tudo, pois devo o que sou a todos os erros que cometi .
Tenho um raciocínio muito rápido que me é impossível segurar a língua quando as sinapses ocorrem, e aí algumas vezes irrito os outros sem perceber ...
Mas sou de boa e do bem e movo meio mundo para conseguir o que creio estar certo ,e só paro quando a outra metade do mundo já se convenceu em me ajudar.
Prazer em conhecê-los, sou Ana Maria Vavassori aquela bebezinha que prematuramente nasceu no dia 19 de outubro de quase sete meses de gestação, e que o médico disse que era um "feto " sem chance de sobre vida!

Ana Maria Vavassori


O Amor sempre será o melhor presente.

Esse ano foi um ano de enfrentamentos e eu que achei que encontrar o amor seria sinônimo de alegrias constantes, aprendi que o AMOR é o maior mestre de todos, você aprende amando e quem você ama te encaminha na direção exata mesmo que você não compreenda.
Sempre agi com amor e sempre ensinei as outras pessoas assim,e quando euZinha me deparei com um homem que age comigo como sou com as pessoas, fiquei estupefata ...
Por ser acostumada a fazer tudo,e sendo eu tão lógica e decidida,sou pouco confrontada e quando acontece, sou boa no enfrentamento. E porque raios não consigo ser tão eficaz com esse homem ? Porque o amo,e então precisei desconstruir meu castelo pois nunca fui uma princesa e nem tão pouco esperava o príncipe encantado, mas qdo me vi apaixonada sucumbi a tentação de querer ver tudo com olhos de mulherzinha.
Obviamente quebrei a cara em mil pedacinhos, esperneei, me debati e relutei para tentar escapar de meus próprios sentimentos. Aí apliquei minha própria fala -" aceita,que dói menos!"
E então a aceitação envolve a renúncia e deixar o controle para outrem, coisa inédita para essa que vos escreve, mas fui desapegando do meu ego , pois a premissa do amor é a liberdade , soltei as amarras de meu próprio coração e deixei ir, para que pudesse vislumbrar meus próprios desejos. Não foi fácil, e ainda sinto todo o sangue do meu corpo gelar nas veias quando penso nisso, chorei e sofri as dores de minhas escolhas , mas depois de tudo fica a certeza de que amar é muito mais do que estar junto, é o reconhecimento de que sentimento nenhum supera encontrar aquele coração que tem sintonia com o seu e, mesmo que não esteja aqui me ensina a ser melhor do que poderia ser ...
Com a proximidade do meu aniversário no próximo mês revejo os dois últimos anos , pois o conheci a poucos dias do meu aniversário e desde então evolui mais em dois anos do que nos outros 42 emocionalmente,e isso é, e será sempre o melhor presente que poderia ganhar
Ana Maria Vavassori

Sobre a maternidade e a vida por aí ...

Os homens em geral não possuem habilidade para entender o sentimento de mãe, pois conhecemos nossas  "crias"   e cada reação daquela alma e coração pois já fomos uma só no mesmo corpo e nenhum homem por mais capacitado que seja pode compreender tal sentimento. Pais são diferentes e homens que não vivenciaram a paternidade não fazem noção do sentimento envolvido, um filho ou filha nos muda de uma maneira unica, só quem  tem sabe, o restante são conjecturas de quem analisa de fora a maternidade e educação das crianças, eduquei muitos filhos alheios e muitos já na universidade, que lá chegaram sem ter noção de hierarquia e disciplina, e como professora para ter melhor rendimento de uma turma inteira os disciplinei a contento, e não preciso levantar a mão para ninguém para me impor e nem para minha própria filha, mas parece que os homens possuem real dificuldade em entender a questão, talvez pq a paternidade se dá pelo prazer para o homem, a mulher carrega a vida dentro do seu próprio corpo e literalmente " rasga" o mesmo para dar a vida ao filho, e tira do seu seio o alimento que o faz forte, portanto não cabe aqui nenhuma palavra mais pois por melhor pais que um dia vcs consigam ser, jamais compreenderão o amor dessa mãe que vos escreve, que além disso criou, ama e educa sozinha sua bela cria.
Queria ver vcs fazendo o mesmo e sendo a profissional que sou! E todas nós mulheres em sua maioria somos assim.
O restante é apenas teoria daqueles que vêem o " processo" de fora!
Ana Maria Vavassori

Bloco dos Contribuintes

Nossos "Representantes" na política em sua grande maioria, e cada vez mais raras exceções, não trabalham pelo bem comum e muito menos compreendem que lá estão para nos representar.
Lamentavelmente nosso país  está virando um circo de horrores, e nós é que ostentamos o nariz vermelho por insistentemente reclamar e não buscar efetivamente a mudança, pois estamos financiando todo o circo e mal conseguimos observar o espetáculo, pois ocupados estamos trabalhando para financiar as regalias dos "artistas" medianos que contratamos a peso de ouro, e no final ainda nos levam a bancarrota.
Ana Maria Vavassori


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Desabafo cotidiano

Quando vc faz seu trabalho com competência e seriedade desperta a admiração das pessoas e a ira dos incompetentes que vivem olhando para todos os lados procurando alguém para usar de escada, pois na sua mediocridade vive chorando as mágoas em rede social dizendo que todos lhe puxam o tapete.
O que essas pessoas não compreendem é que quando trabalhamos de verdade não temos tempo para ficarmos em cima de um tapete, gente que trabalha se movimenta e tem atitude, outras apenas olham a banda passar e querem ainda aproveitar-se da sombra alheia, esquecendo-se de que o tempo beneficia apenas aqueles que ousam sair da sua zona de conforto e arregaçar as mangas e fazer história.
Ana Maria Vavassori

Um encantamento ocorre pelos cinco sentidos

Um encantamento ocorre pelos cinco sentidos ... Enche os olhos por nos brindar com a visão do querer, permeia nosso olfato com o cheiro do prazer, nos permite sentir o toque que nos puxa para o outro, e a sonora melodia que invade os pensamentos quando ouvimos quem queremos e finalmente o paladar que nos faz perder a noção de mundo e tocar o céu com os beijos de quem amamos.
Ana Maria Vavassori

Minhas considerações sobre o resultado das Eleições 2014.

Vivenciamos em 2013 a indignação de uma nação exausta pelos excessos cometidos pela grande maioria de nossa classe política, e parece-me que os políticos possuem real dificuldade de interpretação do cenário no qual estão inseridos, visto que em sua maioria , estão afundados em seu egocentrismo e poucos avaliam a real condição a sua volta.
Analisem o número alto de eleitores que deixaram de comparecer as urnas, pois a indignação causou curiosidade e levou o povo não somente às ruas, mas também os levou a buscar mais informações, e o mesmo percebeu que está inserido num processo democrático, aonde votar não é obrigatório !!!
Paga-se uma pequena multa e está tudo resolvido com a justiça eleitoral.
Não acho esse o caminho mais adequado, não me apetece tal atitude, pois opto por exercer bravamente minha cidadania, mas parte significativa do eleitorado que se esgotou das promessas sem fundamentação prática, resolveu ir passear a beira mar e curtir um dia de merecido descanso.
E ainda assim nossos " mimados" políticos, em sua maioria, negam-se a aceitar que o cenário político mudou, e mudou pelas mãos daqueles que detêm o real poder o POVO!
Vejam senhores políticos, o povo cansou de ser iludido, cansou de ser representado por pessoas cujas " verdades" mudam no período pós eleitoral. O povo cansou de políticos que se acham celebridades acima do bem e do mal e não compreendem que quando eleitos são representantes do povo e devem trabalhar em prol do bem comum, com bom senso e coerência e respeito pelo dinheiro público e não em benefício próprio e regado a festividades com o dinheiro "suado" oriundo dos impostos que pagamos.
Faço votos de que os atuais políticos compreendam que o povo não desistiu do Brasil, o povo desistiu do engodo que é a grande maioria de seus representantes que podem até falar bem, estar na mídia mas quase nunca aplicam o que falam e de gente rasa assim não precisamos mais, raso por raso melhor o raso das águas do mar refrescando a pele do povo que "sua "incansavelmente pelo pão nosso de cada dia.
Ana Maria Vavassori

Ser reflexo de quem ?

Não sou apenas o espelho que reflete, mas o desejo e atitude da mudança que almejo . Ser espelho de quem nos trata bem é relativamente fácil, porém as pessoas comumente acostumam-se com o bom " tratamento" e então deixam de cuidar do outro, espelhando assim o sentimento. Agora se eu decido ser quem sou, nesse mundo de desapegos constantes, eu choro algumas vezes, mas sigo no meu caminho validando aquilo que trago em meu coração, permitindo minha evolução e crescimento , e mesmo quando meu coração magoa-se, depois das lágrimas caírem, tenho a certeza de que não agiria diferente só porque não sou compreendida, pois quem decide meu caminho sou eu, e eu escolho o AMOR, assim em maiúsculo sempre.
Ana Maria Vavassori

Verdades sobre meu querer

Para elucidar minha fala de que consigo tudo que quero, cedo ou tarde eu consigo sempre o que quero!
Mas isso não se aplica ao amor pois o amor não é querer por querer, o amor é BEM querer e quando é real não exige nada em troca, nem mesmo a reciprocidade ... É amor e ponto final !
Portanto não pode o amor ser objeto de poder ou posse ...
Ana Maria Vavassori

Dia das Crianças

Quando éramos pequenas, meu pai comprou duas enciclopédias para nossos estudos e duas coleções de livros infantis, a coleção completa do sítio do pica-pau Amarelo e outra coleção de fábulas. Estávamos no ensino fundamental e meu pai nos brindou com livros de criança e de " gente grande" mais ou menos o Google daquela época.
Eu li todos os 12 livros da coleção de Monteiro Lobato e muitas vezes desejei ser a Narizinho, outras vezes queria ser Emília peralta e faladeira e quem me conhece já sabe quem mais domina minha personalidade. Meu amor à leitura enraizou-se ali nas Reinações de Narizinho, no conto do Minotauro ou nos sonhos de Ícaro e assim cresci rodeadas pelas histórias de Monteiro Lobato que permearam minha infância e alegremente me fizeram essa criança feliz que serei eternamente.
Feliz dia das Crianças e que sejamos fiéis aos sonhos da criança que fomos!
Ana Maria Vavassori

Professor e o seu dia

Sou professora desde pequenininha, não que eu seja muito " grande", mas quem brincou comigo na infância sabe que eu sempre era a professora, e aí de quem ousasse querer meu lugar, aliás meu brinquedo favorito era meu quadro de giz !
Tenho orgulho da minha profissão e amo meu trabalho, está no meu DNA e essência, ensinar, pois é no ensino que vislumbro a possibilidade de mudança de qualquer situação.
Na educação reside a esperança de dias vindouros e somente quando nossos governantes abraçarem adequadamente a educação seremos um país mais justo, e não falo de escolas e equipamentos, eu falo de gestão de pessoas, investir nos profissionais para a qualidade na educação ser efetivada.
Somos a luz do mundo dentro daquilo que nos dedicamos, e o amor a nossa profissão nos torna únicos na vida de nossos alunos.
Deixo minhas homenagens a cada amigo professor ou professora e minha gratidão a cada aluno meu, pois são nossos alunos que nos
permitem sermos PROFESSORES!
Feliz dia do Professor !
Ana Maria Vavassori

O verdadeiro líder, conhecemos na derrota !

Manter uma equipe ou grupo unido para as batalhas, em meio a derrota momentânea é para poucos, cujo sangue que corre nas veias pertença a um vencedor nato, que entende que ficar em cima do muro só o tornará alvo de ambos os lados.
Gente corajosa se posiciona e não tem medo do embate, pois encara de peito aberto aquilo que precisa ser feito, deixando as reclamações para os fracos e seguindo em busca das razões que o movem.
A cada empecilho, um novo aprendizado, e regozija-se na certeza de dever cumprido, sem necessidade de plateia, apenas seu coração a lhe guiar e então a batalha terá valido a pena!
Ana Maria Vavassori

Jesus moderno veste ternos Armani

No Natal de 2009 minha filha me deu o livro " Jesus para Presidente " do autor americano Roland Merullo, o título me intrigou muito, e a narrativa mais ainda, pois Jesus voltou à Terra e se candidatou à presidência dos Estados Unidos. Uma trama bem escrita em que nosso Jesus moderno veste ternos Armani e pratica esportes radicais, é o homem dos sonhos de cada 10 mulheres em 10 mulheres.
Pois bem, sempre que lembramos a comentada crucificação de Jesus em sua dita primeira passagem pela terra, ficamos extasiados pela brutalidade e crueldade que lhe foi imposta sendo ele filho de Deus, e que não precisaria provar da intolerância humana.
O que dizer de todos os filhos de Deus que estão praticando a intolerância de toda espécie e tipo, uns contra os outros nesse derradeiro e não menos brutal segundo turno das eleições presidenciais Brasileira ?
Pois bem, pasmem que a trama tão lógica e cheia de questionamentos desse livro interessantíssimo finda com o assassinato de Jesus ao final das apurações em que saiu vitorioso nas urnas.
É esse o nosso glorioso cenário tão brutal e cruel no qual crucificamos qualquer um que " ouse" pensar diferente !
Ana Maria Vavassori

Sejamos sensatos

Precisamos parar de querer ser melhor do que o outro a partir de quem votamos ou escolhemos para nos representar. Somos todos brasileiros e independente de sermos ricos ou pobres, altos ou baixos , nosso voto vale igualmente porque cada cidadão tem igual valor no processo democrático.
Antes de acusar alguém de preconceituoso, reflita que o preconceito é uma mão de via dupla , assim como a intolerância e o desamor. Sejamos sensatos ao avaliar o outro e então construiremos um país mais justo para todos, independendo de quanto vc tem no banco, ainda somos todos iguais e quase sempre acabaremos todos a sete palmos de terra, vamos tornar mais digna nossa estada acima dos sete palmos de terra !

Ana Maria Vavassori

Seminário Cidadão do Futuro - quarta edição

No dia 29 de outubro fizemos a quarta de edição do Seminário Cidadão do Futuro, criei esse seminário na intenção de levar clareza e informação para os jovens do ensino médio das escolas de Joinville e Região.
De pronto, grandes amigos abraçaram a causa comigo, minha querida amiga Marinei Luiza Valcanaia me incentivou e apresentou minha ideia para seu marido Célio Luiz Valcanaia que abraçou esse projeto e dedica-se desde o primeiro evento a encontrar espaço na sua agenda para estar presente levando sua experiência aos alunos e nos brindando com sua clareza, sabedoria e bom humor tão peculiares.
Alexandre Cidral, meu amigo de longa data e que sempre embarcou nas minhas ideias voltadas para educação sem pestanejar e Karlo Murilllo Honotório, um amigo mais recente, mas que está sempre disposto a ajudar e se dedica a causa igualmente.
Essa é nossa equipe de palestrantes que juntos com essa que vos escreve doa seu tempo em prol do futuro que são nossos jovens.
Meu muito obrigada à todos , com vcs amigos e amiga, aprendo a cada dia e evento , assim como aprendo com cada aluno e com cada pessoa que passa pelos nossos eventos, participando ou produzindo o mesmo.
Vocês sempre me fazem acreditar em dias melhores, a partir do melhor que cada um de nós faz hoje . Nosso Seminário é um projeto que não finda pois nossos jovens se renovam e a vida igualmente.
Minha gratidão em forma de abraço e vamos ao próximo, e outro e outro, e assim sucessivamente.
Ana Maria Vavassori

Escolas encaloradas

Professor Roque Antonio Mattei meu caro amigo de trabalho de longa data, a quem dedico sincero respeito como colega de profissão e como bom descendente de italianos, lhe convido a passar um dia inteiro em sala de aula nesse verão nada" brando" aqui da nossa Joinville sem ar condicionado e sem ventilador.
O "senhor" fica na sala e eu do lado de fora porque minha concentração se esvai na irritação que o calor provoca. Sei como é difícil a gestão pública e entendo todos os perrengues secretário, mas confio no seu discernimento e ainda coloco fé que tudo ficará melhor do que está.
Algum recurso que possa ser usado a contento para a reforma da rede elétrica e instalação correta dos aparelhos de ar condicionado, um mutirão para trabalhar no feriado de carnaval podemos solicitar recursos, pedir as " sobras" de 2014 da Cvj ou da prefeitura para isso.
Seu que temos que prestar contas para a união, mas devolver recurso para o governo federal quando nossa educação e saúde está em " pandarecos" me parece completamente ilógico !!!!
Se é para se ilógico que seja pelo menos com ar confucionismo ligado !!!!
Nossas crianças merecem e nossos colegas professores também !
Ana Maria Vavassori

A Importância do voto

O problema é que a maioria do povo brasileiro não dá importância adequada ao processo eleitoral e muito menos valoriza seu voto, escolhem seus representantes sem analisar o cenário político e a realidade em que estão inseridos. Como se não tivessem a menor ideia para que serve o voto, então apenas assistem debates e analisam o que dizem os candidatos sem analisar em retrocesso o contexto para escolher adequadamente. Por isso temos os resultados que temos, a maioria da população não se dá ao trabalho de pensar, e todos nós ao final, pagamos por essa falha que começa lá nos primórdios da educação.
Ana Maria Vavassori

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

SABEIS com quem falais ?

O que podemos esperar de um poder judiciário que pune uma agente de trânsito por ter multado um juiz que dirigia em circunstâncias dúbias? Acaso esse juiz pensa ser Deus tanto quanto aquele que puniu a agente que fazia adequadamente seu trabalho ? Inversão de valores, o juiz tem que dar o exemplo de compostura e honradez, pois as leis existem para serem cumpridas e sem exceções, ou o judiciário acha-se acima do bem o do mal?
Meus respeitos a essa agente de trânsito que cumpriu a lei dignamente, e creio que o judiciário deveria agir de forma mais digna, vergonhosa atitude do juiz que foi multado e processou a agente e mais vergonhosa atitude do juiz que a condenou. Senhores o certo sempre será o certo e TODOS devem entender isso!
Ana Maria Vavassori

Não sou uma princesa de contos de fada

Não sou uma princesa de contos de fada, pois não me encontro presa no alto de um castelo e nem tão pouco estou deitada em sono profundo esperando o príncipe chegar no cavalo branco. Como num grande tabuleiro de xadrez, na vida, sou a Rainha soberana de meus atos e posso caminhar em qualquer direção, na certeza de que estarei sempre cuidando de todo o "tabuleiro" , assim como a grande maioria de nós "rainhas" agimos salvaguardando nosso Rei, para que o jogo da vida nos traga a vitória.
Ana Maria Vavassori

Republicando o AMOR ...

O homem que eu amo me deixa livre porque está certo de que apesar de tantas possibilidades é unicamente em seus braços que me encontro e reencontro minha paz.
O homem que eu amo conhece cada defeito meu, mas recorda-se de cada qualidade que me torna única para ele. O homem que eu amo me faz rir como criança para depois me lembrar que sou sua mulher.
O homem que eu amo entende que sou forte e corajosa, mas ele é meu porto seguro e divide comigo cada ideia e entusiasmo. O homem que eu amo sabe que eu adoro futebol, mas que mesmo em times opostos nos respeitamos e adoramos essa pequena transgressão futebolística.
O homem que eu amo sabe que amo rock e que cada música fica perfeita na sua voz quando canta para mim. O homem que eu amo sabe o quanto é precioso pra mim e acima de tudo compreende que só discuto com quem me importo e que o amo mesmo quando estou profundamente irritada com ele.
O homem que eu amo sabe que me irrita. O homem que eu amo sempre me aponta a direção correta, encontra caminhos que só ele conhece. O homem que eu amo faz rimas idiotas que me fazem rir com palavras bobas.
O homem que eu amo me encanta com suas observações irritantes.
O homem que eu amo é o rei da mímica.
O homem que eu amo é tão parecido comigo que me irrita, eu já disse que ele me irrita ?
Ele me irrita e me tira do sério, mas eu o amo mesmo assim ...
Ana Maria Vavassori

Breve Retrospectiva de um Aprendizado.

Esse foi um ano de grande aprendizado e me comportei adequadamente, ou tanto quanto deu, foram dias de luta. Fui processada, passei noites insone pensando no assunto, mesmo sabendo que não fiz nada errado, ser processada por exercer minha cidadania dá uma sensação ruim, desagradável, mas a justiça foi feita e manteve meus direitos de cidadã intactos, mostrando ao político insano que me processou que existem leis nesse país regido democraticamente, e publicadas minhas palavras, recebi apoio de muitos e tantos que eu nem imaginava e ao final desse episódio me vi mais forte e determinada na minha luta diária pelo bem comum, e contra a corrupção que inunda num mar de lama nossa nação.
Nesse percurso descobri amizades verdadeiras, revivi outras tantas e mantive o pé no chão, focada naquilo que sempre fiz, e então pude vislumbrar um fortalecimento de minhas ideias e ideais na busca por dias melhores.
Em Meio a tantos projetos idealizados pude colocar em prática muitos deles, graças aos bons amigos que tenho feito vida a fora e outros tantos que fiz nesses anos envolvida na política.
Somos sobreviventes em tempos difíceis e precisamos nos unir para a busca por dias melhores.
Chorei, briguei e gargalhei como ninguém, mas nenhum sentimento foi forjado, sou firme naquilo que acredito e justa nos sentimentos e elogios, e crítica pois o conhecimento nos trás muitas dúvidas e nos torna mais questionadores e sempre busca de mais coerência informação. Na busca por informações evoluímos, e creio ser esse o motivo de cá estarmos, a vida segue seu rumo, o tempo passa rapidamente e me deparo com minha filha em época de prestar ENEM e vestibular, vivi todos esses anos cuidando e zelando pelo bem estar de minha preciosa filha, meu presente de Deus, e agora sou a mãe sempre orgulhosa de uma jovem universitária do curso de jornalismo.
Um filme passa na minha frente, noites insone me perguntando se daria conta de educar de maneira adequada meu bebê , e Deus foi meu parceiro de luta desde que ela nasceu, sempre pedindo por ela e buscando fazer meu melhor, e aí está uma bela mulher que começa a traçar sua história de vida e meu coração de mãe agradecida e feliz , só pede à Deus proteção e muito amor e paz para essa jovem mulher generosa e dedicada que meu bebê se tornou.Passei muitas provações esse ano, meu coração sofreu perdas, mas Deus cuidou de mim enquanto eu cuidava de pedir pelos outros, trouxe- me anjos na forma de amigos que me ajudaram a sair das crises de pânico que se acometeram sobre mim.
Não foi um ano fácil, mas foi um ano enriquecedor e de grande aprendizado e questionamentos e certamente me fazendo melhor e mais forte.
Que venha 2015 pleno, e revigorada estou para aplicar todo aprendizado adquirido até aqui, na certeza de que cá estou a evoluir e fazer o meu melhor em busca do melhor para aqueles que quero bem!
Ana Maria Vavassori

Formatura da preciosa no Ensino Médio

Em 19 de dezembro foi a formatura da minha preciosa, esse foi um ano de emoções fortes, terceirão, vestibular, ENEM e tantas mudanças e outras provações pela qual passamos, e um filme me passa pela cabeça desde o dia que soube que estava grávida e eu sabia que seria vc filha, meu presente de Deus!
Sonhava desde pequena em ser mãe e já tinha longas conversas contigo filha minha, que eras minha amiguinha invisível na infância, aí a gente cresce e não vê mais a amiguinha " invisível" mas te via nos meus sonhos sempre que eu me sentia sozinha pela vida ou em momentos decisivos.
Quando eu estava grávida minha ansiedade triplicou, queria logo ter vc pertinho , ver seu rostinho e quando veio a esse mundo e colocaram vc no meu colo, a primeira coisa que vc fez foi segurar meu dedo e eu senti aquela mãozinha da minha amiguinha invisível na infância, foi o dia mais pleno da minha vida, um dia de reencontro filha!
Passamos muitas coisas juntas, só nós duas sabemos as alegrias e lágrimas que a vida já nos impôs, mas com vc eu fico forte e encaro qualquer batalha e mesmo nos momentos que as lágrimas insistem em cair, vc me faz rir entre elas, e me faz forte para estar contigo!
Foram muitas as lutas, mas as maiores alegrias vc me dá desde sempre, bebê linda, menina esperta e essa jovem mulher digna, justa e dedicada que és me enche de orgulho filha, um orgulho de ser sua mãe e de aprender tanto com vc, de amar tanto vc e reconhecer o quanto Deus é generoso comigo por me permitir ser sua mãe !
Muito obrigada minha preciosa por cuidar de mim e por ser essa filha dedicada e amorosa que és, obrigada por ser você !!!
Te amo daqui até a lua um trilhão de vezes ida e volta, até o fim do mundo e além dele, de janeiro a janeiro.
Obrigada meu Deus pela parceria de sempre nessa obra sua que é a Anna Carolina.
Ana Maria Vavassori

Quatro meses sem glúten - selfie

E até a "Selfie " desinchou Rssss
viver sem glúten foi minha melhor escolha ...4 meses sem glúten a diferença salta aos olhos rssss


VIDA sem Glúten ...

Quando decidi retirar o glúten da minha alimentação, reduzi o açúcar e a lactose, pensei em diminuir o peso, mas não imaginava me sentir tão bem, a pele melhorou consideravelmente, os cabelos estão mais sedosos e eu mais feliz com o resultado.
Na primeira imagem com dois meses sem glúten já havia desinchado e na segunda imagem completando 4 meses de mudança de hábitos alimentares.
Lógico que ainda tem muito para chegar no peso que desejo, e aos poucos fui acertando a dieta, lendo rótulos e aprendendo a comer direitinho, me alimento muito bem e de maneira mais saudável, pois eu mesma preparo minhas refeições.



O Amor é Libertador

O amor é libertador, deixa livre o ser amado para estar aonde quiser. A paixão emburrece o indivíduo, o deixa dependente do outro e o desejo de ter a necessidade de controle, no amor nos sentimos livre e liberdade damos em troca para que quando juntos estivermos seja em plenitude absoluta. A paixão é possessiva enquanto o amor não sufoca, não aperta, apenas zela pelo outro em seu querer mais puro na certeza de que estarão sempre unidos por laços invisíveis de afeto em plena sintonia com o universo do outro.
Ana Maria Vavassori

Dia da Sogra

Hoje 28 DE abril é dia da sogra e apesar não ser mais casada, quero registrar a boa sogra que tive e que cuidou-me como filha quando engravidei da minha preciosa, dona Sueli partiu para o céu quando minha preciosa filha tinha pouco mais de um ano, mas foi uma sogra abençoada, uma mãe abençoada e uma avó que se preocupava com sua Netinha desde quando estava na barriga da mamãe aqui.
Que os anjos de Deus te cuidem aí no céu D. Maria Sueli Demarche e obrigada pela sogra que foi é por ser avó da minha preciosa

Ana Maria Vavassori

Audiencia

Amigos e amigas muitas pessoas me chamando inbox e meu celular tocando sem parar , aos poucos vou responder à todos, quero agradecer antecipadamente o apoio e carinho de todos e registrar aqui minha gratidão a minha amiga Roberta Noroschny Schiessl que prontamente deixou seus afazeres para exercer sua cidadania no dia de hoje. Agradecer ao meu advogado Dr. Karlo Murillo Honotorio pela sua excelente conduta profissional, e informar que as testemunhas foram ouvidas e que estamos confiantes na justiça , pois teremos a decisão do juiz em alguns dias. Estou firme e confiante na justiça como cidadã.
Ana Maria Vavassori

Vacinação - lanche esquecido ?

Assistindo ao jornal da RBS fiquei "passada" por dois motivos, com relação a abertura dos postos de saúde no dia de hoje para vacinação da população, primeiro pela prefeitura "esquecer " a alimentação dos servidores que lá estavam para atender durante todo o dia a população, segundo que a população acabou ficando na maior parte sem atendimento, pois os servidores se negaram a continuar o trabalho , compreendo perfeitamente os servidores, pois trabalhar sem se alimentar é um absurdo. Então eu lhes pergunto do que adianta ter ações em prol da saúde do cidadão sem um bom planejamento e execução do mesmo ? E no final das contas o cidadão é desrespeitado, passa por constrangimentos e a prefeitura vem com uma "desculpa" de que a empresa tercerizada não cumpriu o combinado. E então só quando a "casa cai " que o pessoal da prefeitura aparece com uma desculpa, acompanhar e verificar se todo o planejamento está sendo feito ninguém faz. E no final das contas quem paga de palhaço é o cidadão . E eu que votei no atual prefeito e dei meu apoio abertamente, estou cada dia mais decepcionada com o Abandono da nossa cidade.
Ana Maria Vavassori

Sobre a sentença final dos processos.

Sobre a sentença final dos processos.
Depois de 14 longos meses no qual exerci diariamente minha cidadania como sempre faço, encontro-me em paz e mais crente que a justiça não é cega como dizem, pois manteve meu direito de livre expressão que a Constituição Federal de nosso país democrático diz, e reafirmou a verdade de minhas palavras. Que esse episódio sirva de exemplo para muitos cidadãos que pensam como eu, e que mantenham-se firme no propósito de lutar por um país mais digno e justo para todos, e que a classe política perceba que estão eleitos para nos representar e que não são superiores a nenhum cidadão brasileiro.
Nunca briguei por indenizações, minha fala sempre foi pelo direito do cidadão em exercer sua cidadania e estou feliz com a decisão do judiciário, na minha modesta opinião , o que a justiça determina cumpre-se e ponto final.
Agradeço o apoio que recebi da população e amigos em geral e reitero que estou sempre de olho naquilo que é de interesse do cidadão e estarei sempre agindo pelo bem comum.
Ana Maria Vavassori



http://ndonline.com.br/joinville/noticias/166711-presidente-da-camara-de-vereadores-de-joinville-perde-processo-contra-professora.html

Artigo publicado JORNAL Notícias do Dia

Meu artigo publicado no jornal Notícias do Dia  em 26 de maio de 2014


Legislativo de Joinville suspende a Sessão

Legislativo de Joinville suspende a Sessão em meio à greve, pois os servidores lotaram o plenário . Eu sinto vergonha alheia da atual classe política de nossa cidade, a "coragem" lhes manda lembrança e o povo se questiona certamente porque votou nesses que hoje lhes representam. Estamos vivenciando uma greve dos servidores, a segunda em menos de dois anos de governo,e quem paga essa conta é o povo, perdendo cirurgias no Zequinha, consultas nós postos de saúde, escolas e atendimento ao povo totalmente prejudicados e eu vos pergunto "E AGORA PREFEITO?" e "E AGORA VEREADORES?" Todo mundo correndo de suas responsabilidades e jogando a culpa nos servidores e lavando as mãos . Não é mérito algum se ter mãos limpas em meio ao embate, o mérito consiste em lutar com dignidade e respeito, e buscar uma saída digna para todos. Num embate assim cabe o diálogo claro e justo pois é a única saída viável e a população merece RESPEITO!!!
02 DE JUNHO DE 2014
Ana Maria Vavassori

A câmara de vereadores e seu show bizarro

Todos conhecem meu pensamento sobre a atual Câmara de Vereadores de Joinville, uma mediocridade sem fim que beira a imoralidade, em cada dia mais raras exceções.
O que vemos ali é um cenário bizarro, aonde a coerência e o bom senso passam longe e a canastrice faz morada.
Como um vereador usa em plenário a fala de que a empresa do prefeito deveria usar uma multa aplicada pela Fundema para consertar o teto do hospital Municipal ? Detalhe que esse mesmo vereador, sabe-se é famoso na cidade por não honrar seus compromissos pessoais. E ainda comete tamanho deslize de usar ironia para falar o que não sabe.
Isso para explicar o tema, pois demagogia vemos a todo instante nesses discursos inflamados falando em defesa do povo e acusando outrem , aqueles que agem apenas em benefício próprio.
Lamentavelmente, o que vemos nesse episódio da greve dos Servidores é que estamos mal de representantes, o povo escolhe mal, não se informa adequadamente e vota de qualquer maneira, usando critérios indescritíveis para suas escolhas de representantes.
Estamos a mercê de vereadores oportunistas, mal preparados e sem noção, enquanto as raríssimas exceções a quem sempre me refiro, são muitas vezes "boicotados" pelo próprio governo.
Eu olho tristemente para nossa outrora bela Joinville e me pergunto aonde vamos parar com tamanha falta de bom senso e tamanha insensatez, falta de vergonha na cara e educação em várias vertentes e principalmente RESPEITO pelo que nossa cidade representa.
Ao povo de Joinville eu suplico que, se informem antes de entregar seu voto a pessoas despreparadas e de caráter dúbio, pois caso continuem assim viveremos vergonhosamente arrependidos de nossas escolhas, e sustentando literalmente, esse circo de horrores que se transforma a cada dia o legislativo dessa nossa cidade. ‪#‎vergonhaalheia‬
Ana Maria Vavassori

Que comece a copa do mundo

Que comece a copa do mundo e que possamos torcer pelo nosso país independente dos desvios ocorridos no caminho para a realização da copa,e que toda nossa indignação seja validada em outubro, nas próximas eleições , pois assim estaremos vislumbrando um futuro mais digno para todos, escolhendo adequadamente nossos representantes e acima de tudo, acompanhando de perto o que fazem com o dinheiro oriundo dos impostos que pagamos. Lembrem-se o Brasil não é do PT ou de qualquer outro partido político ou governo, o Brasil é nosso, do povo brasileiro.
Ana Maria Vavassori


Sobre o episódio da estreia da Copa

Sobre o episódio da estreia da Copa, não sou e nunca serei a favor de xingamentos a quem quer que seja, pois fui educada assim e me causa real desconforto coisas do tipo, pois denota um desrespeito pelas regras aprendidas já na infância de que devemos respeitar os mais velhos, chefes de governo , recintos religiosos , escolas e por aí vai...
Por outro lado, temos um desgoverno, que chegou ao poder como a "oposição" mais feroz de todos os tempos pregando aos quatro ventos o quanto a elite "branca" era dominante fazia e acontecia e que "eles " companheiros, iriam mudar isso!
Pois bem o que vemos, são os ditos " companheiros" que chegaram ao poder e fizeram mais do que seus Antecessores, sim , adaptaram-se rapidamente ao "poderio " da elite "alva" deliciando-se nesse universo e instaurando e validando toda a corrupção já existente nesse país, e para o povo jogam migalhas disfarçadas de programas do governo contra a miséria e a fome, validando a cultura de menor esforço, dando o peixe pois ensinar a pescar dá muito trabalho !!!
Ensinar e educar dá trabalho, mas vale a pena, pois investir na educação nos ensina a respeitar limites e manter os valores de dignidade e respeito nos devidos lugares.
Um "desgoverno" que não mantém o básico para o cidadão, não investe em educação, saúde e segurança está violentando constantemente esse povo e a violência gera revolta, caos e falta de limites.
E por falar em limites, esse desgoverno que aí está,prega o descaso à família e a cultura do Oba Oba e agora sentem-se ofendidos pelo retorno que obtiveram.
Acima de tudo,precisamos nos conscientizar para promover a mudança e pensar no coletivo porque de mimimi ninguém vive e nesse mimimi instaura-se o "poderio" que aí está !!!
Então resta-me torcer para que essa indignação " xingatória" seja validada nas urnas e que acima de tudo,além das urnas ,sejam firmadas pelo exercício diário de cidadania que cabe a cada cidadão brasileiro.
Ana Maria Vavassori

Emocionante solidariedade

Chorando em bicas com o caso da Professora Fabricia que tem câncer e perdeu seus cabelos e ao voltar para sua escola encontrou todas as alunas e professoras com lenços na cabeça para homenageá-la e um de seus alunos com o cabelo raspado ... Solidariedade e amor sem tamanho e medida! Ainda há esperanças

Frase mais doce

Eu sinto um calor que transborda e aquece minha alma cada segundo que penso em você...Coração que bate no peito num ritmo que desconheço mas que reconhece o seu. Seus olhos complementam os meus e sua voz termina minha frase mais doce e quando sais de perto de mim não vais por completo pois estás aqui dentro na parte mais certa daquilo que sou ...
Ana Maria Vavassori

Lista de medicamentos faltosos no USB ITAUM

Ontem dia 18 de junho estive no posto de Saúde do Itaum e novamente observei o descaso e despreocupação do governo municipal com o cidadão joinvilense, pois a lista de remédios faltantes na farmácia do postinho, só aumenta e eu vos pergunto - Como o cidadão que depende dessas medicações pode restaurar ou manter sua saúde e como vai "sobreviver" a esse descaso ?
Lista de medicamentos

Alopurinol 100 mg
Alopurinol 300 mg
Amoxicilina 500 mg
Biperideno 2 mg
Enlaparia 20 mg
Fenobarbital 100 mg
Glibemclamida 5 mg
Metmorfina 850 mg
Metildopa 250 mg
Predinizona 5 mg
Vitaminas e sais minerais


Mais uma pergunta - "como os profissionais da saúde vão poder cuidar da saúde,se não temos nem medicação que os médicos prescrevem para auxiliar no tratamento, sendo que as condições do hospital municipal já é uma lástima conhecida e sofrida pela população ?
Quem poderá nos ajudar ? Com a palavra nossos governantes municipais.

Ana Maria Vavassori

Soube por um amigo ...

Soube por um amigo que um "dileto" profissional que eu curtia e comentava elogiosamente aqui no facebook dizia que "eu estava apaixonada" pelo mesmo, ao que devo esclarecer que apesar dessa "carinha" de Branca de Neve que tenho não sou chegada nos 7 anões, qto mais quando não está em grupo especificamente. Então senhores qdo lhes direciono elogios, são sinceros e amistosos e se vc não for o Gianechinni e nem pode me olhar de cima de seus 1,80 ou mais ... Não seja ridículo e caia na real .
Certa de ser compreendida

Acada dia tenho me explicado menos

Tenho repensado muito a vida nos últimos meses, me considero uma boa pessoa, de bons sentimentos e muita boa vontade em ajudar o outro em seus anseios e não comumente sou má interpretada. Já faz algum tempo que tenho a máxima que diz que sou responsável pelo que falo e não pelo que o outro entende. Como professora que sou até a raiz dos cabelos eu tento me explicar e ser didática , mas a cada dia tenho me explicado menos, por não ter mais paciência e nem vontade eu creio. Existem períodos na vida da gente que parecemos estar num grande maremoto,do tipo "caldo" após "caldo" e nem dá tempo hábil de "puxar" o ar... Mas desejo mudança , então serei eu a mudança e afundarei minhas vontades nesse mar de turbulências e deixarei ali bem no fundo, essa pessoa excessivamente intensa que sou, para emergir em meu equilíbrio que outrora possuía, para seguir serenamente aquilo que está destinado a mim ...
Ana Maria Vavassori

Mudanças significativas

Tenho passado pro mudanças significativas em minha vida e os questionamentos me são inevitáveis, normalmente tenho problemas de insonia devido aos pensamentos excessivos que fritam meu sono. Então depois de algumas noites mal dormidas, essa noite eu pedi à Deus um sono reconfortante e que queria verdadeiramente entender os tais acontecimentos que a mim pareciam sem lógica recorrente.
Pois bem dormi a noite inteira e muito bem, e acordei com um pensamento bem definido em minha cabeça hoje cedo, como se alguém o soprasse em meu ouvido e diz assim ...
"Não se deve dar ao outro aquilo que ele pede sem motivo, não te faz crescer e nem ao outro, a vida é de aprendizado e ser boa é diferente de ser boba, então pare agora com essa mania de fazer tudo para todo mundo, vc não vai conseguir e as pessoas ainda irão te criticar por isso. Siga seu coração, mas antes cuide de vc e de seu caminho, o caminho se faz caminhando, mas do seu caminho somente vc entende e quando não entende reconforte-se no seu criador , ele habita em vc e te guia mesmo quando vc se sente perdida. Siga em frente, evite olhar para trás e observe como sua vida vai tomar o caminho adequado, é um caminho sem volta, mas vai valer a pena. Cuide de vc e siga, vc vai entender porquê, descanse seu pensamento e as respostas irão surgir, confie e tudo estará de acordo com aquilo que reservado está para vc, vc sempre fez sua parte e continuará fazendo e de agora em diante o retorno está garantido."
Essas palavras ainda ecoam em meu pensamento e quando as escrevi aqui meu coração batia acelerado numa alegria de reconhecimento, reconhecimento da vida e das palavras de meu criador.
A vida segue ...
Ana Maria Vavassori

Se eu fosse vereadora

Entrando nessa realidade se eu fosse vereadora e presidente da CVJ acabaria com o aluguel de automóveis para vereadores, cada qual trabalhe com seu próprio automóvel . Viagens " a trabalho " regadas a diárias acabariam, qualquer curso ou especialização necessária seria feita aqui em solus Joinvilense e em grupos como fazemos nas capacitacoes dos professores por exemplo. Criaria uma rotina de atendimento direto à população, que precisa ser ouvida e atendida em seus anseios, afinal os vereadores estão eleitos para representar o povo. Até hoje não compreendo porque a CVJ só funciona a tarde, deveria funcionar em horário comercial e as sessões deveriam ter início após as 18 hs. Entre outras mudanças creio que um vereador em primeiro mandato jamais poderia concorrer a outro cargo eletivo sem o termino do mesmo.
Ana Maria Vavassori

Teorias conspiratórias

Recebi por email várias teorias conspiratórias para o acidente que vitimou Eduardo Campos, e Todas diziam que a culpa é da D.Dilma. Vejam bem que nunca gostei da presidente e nem tão pouco do "desgoverno" dela, mas sou justa e coerente, e minha coerência me diz que, infelizmente D.Dilma vai para segundo turno, portanto quem efetivamente "ganha" com a saída abrupta de Eduardo Campos da corrida presidencial é Marina Silva, uma mulher que tb não me inspira confiança alguma pois ninguém vive tão próxima ao molusco e sai impunemente.
Marina Silva NÃO é "herdeira" política de Eduardo Campos!
Na ânsia de atacar o que considera o mal encarnado ,o povo acaba muitas vezes, abraçando o capeta, que não se esqueçam era "anjo" e recita as escrituras quando lhe convém !
Ana Maria Vavassori

Seminário Jovem Cidadão

Quando idealizei o projeto do Seminário Jovem Cidadão o fiz com o desejo de levar aos jovens o conhecimento e enaltecer os direitos, deveres e obrigações que regem a vida do cidadão para que esses jovens que estão em fase de grandes escolhas sintam-se preparados e confiantes nesse peculiar momento. Esses jovens são nosso futuro e deles dependem as mudanças que desejamos para todos ! É muita responsabilidade e nos cabe como pais, professores e cidadãos os orientar pois se quisermos mudança no mundo, devemos ser a mudança que queremos.
Quero agradecer de coração aos amigos que sem pestanejar de pronto, aceitaram esse desafio e aos novos amigos que fomos agregando aí grupo. Meu agradecimento e carinho à todos que contribuíram e vale lembrar que esse foi o pontapé inicial para um projeto que não finda e se renova diariamente. Obrigada amigos e alunos vcs me fazem acreditar em dias melhores !
Ana Maria Vavassori

Pequeno guerreiro

João Vitor um catarinense guerreiro que do alto dos seus 4 anos de vida, encara um câncer no fígado e desenganado pelos médicos , encontra uma doadora que emagreceu quase 30 kg para poder doar parte do seu fígado para salvar a vida de João , um até então desconhecido para ela . Amor ,compaixão e misericórdia sentimentos que tornam o mundo melhor para todos nós, uma grande lição de vida!
Valeu João Vitor pela lição de vida e força de guerreiro e Valeu Tatiana Solanca pela generosidade e amor ao próximo ! Que Deus os abençoe é os mantenha saudáveis !
Amor é disso que o mundo precisa ! Chorei litros de emoção !
Ana Maria Vavassori

Tão eu ...

Não sou uma mulher magra, bem longe disso. Mas sou uma mulher plena, realizada e feliz com a pessoa que sou, poderia perder uns quilinhos caso não fosse tão apegada a mim mesma ! Rsss
Mas sou mais do que biotipos e modelos pré estabelecidos, e não julgo ninguém pela aparencia que tem ou peso que ostenta, e preocupa-me quando as pessoas o fazem, pois muitas vezes podemos perder a convivência com pessoas maravilhosas que por medo dessa cobrança se esconde da vida !
A vida bate na porta e na janela de todos nós e não tendo eu nenhum problema de saúde quero ser feliz, e torço para que cada um encontre sua maneira de ser igualmente feliz, porque quando estamos felizes não temos tempo de apontar defeito no outro, pois viver consome tempo e energia para quem tem uma vida para viver, independente das escolhas alheias.
Ana Maria Vavassori

Sobre o duelo de Egos dos derrotados " Gonçalves ".

Um vereador como o senhor João Carlos Gonçalves que não tem um projeto sequer, um presidente do legislativo que não compreende sua real função e pensa estar acima do bem e do mal, precisa rever sua real condição , pois política se faz com ações dignas e em prol do bem comum. E na minha opinião, dinheiro no mundo compra profundidade para uma pessoa " rasa" que pensa ainda que o povo é iludido pelas câmeras de TV, ou seria ele o iludido senhor cujo grande feito em quase dois anos de presidência atual do legislativo é um famigerado e mal falado jardim de inverno e muitos milhões jogados fora com alugueis de automóveis ( majorados na sua gestao$$ ) e outros milhões em publicidade. Falar é fácil e até o Sr João Carlos consegue, fazer efetivamente a diferença só o competentes são capazes .
Quanto ao derrotado deputado Nilson Gonçalves usar seu programa para dizer que vai fechar a casa Amarela por perder seu cargo no Alesc, cabe a reflexão de que política se faz incansavelmente pelo bem comum e trabalha-se para isso, eu disse " trabalha-se" ? Ops parece que de trabalho efetivamente nosso deputado não entende muito, visto que há vários mandatos é sempre o mais faltoso dos membros da Assembleia.
Duas figuras " mimadas" e prepotentes criadas pela mídia e alimentadas pela desinformação generalizada, que com o súbito interesse pós manifestações perderam a chance de refletir e aprender.
Parece-me que o gigante outrora adormecido está de olho senhores, e daqui em diante gente rasa morrerá afogada em meio ao turbilhão eleitoral .
Ana Maria Vavassori

Resultado das eleições presidenciais

No primeiro turno falei que se Aécio Neves fosse para o segundo turno sairia vitorioso, infelizmente vencer na região sul não foi o suficiente para desbancar o nordeste petista.
Reconheço a legitimidade do processo eleitoral democrático, mas não orgulho-me da presidência de meu país, respeito a pequena diferença de 3% favorável ao PT, mas reitero minha indignação e desgosto pelo atual governo e saliento que a diferença é muito apertada e isso deixa a situação bem complexa a ser trabalhada pelo atual governo.
Democracia é isso, alguém ganha, alguém perde e nos cabe respeitar e ficar atentos para cobrar adequadamente aquilo que foi prometido até aqui.
Nós não desistiremos do Brasil!
Ana Maria Vavassori

O CERTO não muda, será sempre certo ...

O certo sempre será o certo, independente de que lado vc esteja, se a pessoa rouba, mente, engana e lesa seu semelhante e vc precisa modificar a aplicabilidade daquilo que julga certo para justificar as ações dessa pessoa por ser do seu grupo ou relacionamento, vc estará fadado a ser corrompido, e não muito obstante estará enlameado pela corrupção.
Não podemos mudar a aplicabilidade dos conceitos para justificar nossas preferências ou as de outrem, sem mergulharmos na lama de corrupção que deturpa as noções de dignidade dos indivíduos .
Não adianta bradar pela moralidade e fechar os olhos para as perveções que nos rodeiam, não modificaremos nada e ainda estaremos fadados a ilusão de um mundo melhor, quando o mundo já é bom, e o que precisa mudar é a aplicabilidade dos valores de dignidade e justiça.
Como ser justo quando usamos dois pesos e duas medidas ? Qual a dignidade em apontar o dedo ao mensaleiro exigindo sua cabeça mas andar por aí mentindo para tirar vantagem do outro, furar fila ou achar que se faz muito certo por não cometer erros de comportamento ?
Muito estrago se fez na história da humanidade aqueles que fecharam seus olhos para a crueldade, e permitiram que os seus cometessem delitos , desculpando sua insanidade momentânea.
O mundo não é cruel, as pessoas podem ser cruéis e tornar esse mundo tão inóspito quanto decadente, mas a culpa sempre será dos outros, e cada qual aponta o outro quando a mudança efetiva deveria partir de cada um.
Falar é relativamente fácil, as palavras são leves perto da injustiça que a aplicabilidade de um conceito pode gerar, e então nos surpreendemos com atitudes extremistas do outro lado do mundo, mas não somos capazes de distinguir o certo do errado quando o errado mora ao lado ou está em nós.
Triste condição humana daqueles que crêem fazer mais do que os outros e na verdade são as mais miseráveis criaturas e no fim ainda usam Deus para justificar sua tão fadada mediocridade.
Lembrem-se o demônio é capaz de citar as escrituras detalhadamente , sendo ele um anjo caído, e no ponto de vista dele o errado é Deus que o preteriu.
E Deus certamente, está de saco cheio de ver que o usam como desculpa para julgar e apontar os erros alheios, quando cada qual corrigindo a si mesmo causaria maior efeito e aos poucos menos trabalho, mas apontar o dedo é mais fácil porque joga o problema pra longe e então podemos seguir nessa brincadeira cujo erro maior é sempre o do outro, e todos estaremos felizes em suas vidas perfeitas medindo monetariamente o valor das pessoas, coisificando a vida e deturpando o amor.
Ah, o amor aquele sentimento tão generoso quanto nobre e que comumente é usado para desqualificar o que é certo em detrimento do bem querer.
E assim caminha a humanidade ... Triste fim de todos nós enquanto Deus soberanamente nos permitir.
Ana Maria Vavassori

História de José do EGITO

Sempre gostei muito da história de José do Egito que sofreu com o descaso, desprezo e perseguição de seus irmãos que não compreendiam sua maneira de ser e sentiam ciúmes do afeto que o pai lhe dedicava, José era dedicado e tinha sonhos proféticos e uma percepção elevada de mundo.
José era filho de Jacob, foi vendido como escravo pelos próprios irmãos e depois de muito sofrimento e dor, sem nunca perder seus ideais e seu amor por Deus, então as pessoas reconheceram seu valor e aos poucos foi ganhando prestígio e tornou-se o Rei do Egito.
Compartilho o texto explicativo abaixo :

Os sonhos
Com dedicação, José conquistava seu pai, porém, tanto destaque despertou a antipatia de seus irmãos, que se incomodavam com a atenção que ele recebia. Após ter sonhado que estava no campo amarrando feixes e os feixes amarrados por seus irmãos se curvavam perante seu o dele, José incomodou novamente a seus irmãos. Em outro sonho, José contou aos familiares que o sol, a lua e as estrelas se curvavam diante dele, o que irritou não somente a seus irmãos, mas também a seu pai, pois os sonhos de José transmitiam uma mensagem de que ele seria o mais importante na família, algo inadmissível para um caçula à época.

A rivalidade
Incomodados, os irmãos de José passaram a chamá-lo de sonhador e tramaram sua morte, mas desistiram, e resolveram vendê-lo a um mercador de escravos ismaelita, com quem cruzaram no caminho. Para Jacó, levaram a túnica de José manchada de sangue, e falaram que ele havia sido morto por um animal. Triste pelo acontecimento, Jacó lamentou profundamente a perda de seu filho.

A cilada
No Egito, foi vendido para Potifar, que era oficial e capitão da guarda do rei. Novamente, com esforço e dedicação, tornou-se administrador da casa e dos demais escravos de Potifar e aprendeu o idioma egípcio. Porém, a esposa de Potifar desejou seduzi-lo, mas diante da recusa de José, ela passou a acusá-lo de tentativa de abuso, o que fez com que José fosse preso.

A prisão
Enquanto esteve preso, José se relacionava com os demais presos, e fez fama de intérprete de sonhos, ao mostrar o significado dos sonhos de dois prisioneiros: o copeiro-chefe e o padeiro chefe do palácio real, que estavam presos sob acusação de conspiração contra o rei.

Em determinado momento da história, o Faraó teve um sonho em que sete vacas magras comiam sete vacas gordas e permaneciam magras. Incomodado com o sonho, o Faraó convocou todos os sacerdotes do Egito, porém nenhum deles soube interpretar seu sonho. O copeiro-chefe do palácio real, que havia sido perdoado pelo Faraó, lembrou-se das interpretações de José a respeito dos sonhos, e falou sobre o prisioneiro, que foi chamado e disse que o sonho significava um período de fartura de sete anos, seguido de um período de seca igualmente de sete anos, pelo qual o Egito passaria.

O Governador
O Faraó, satisfeito com a interpretação de José, dá a ele um anel de seu dedo e o nomeia Governador do Egito. Com a amizade construída com os demais prisioneiros durante o período em que esteve na cadeia, José aprendeu bastante sobre a política do país, e sabia da divisão existente no Egito, que era separado como baixo Egito e alto Egito, tendo dois governantes.

José ordena a construção de celeiros para armazenar os alimentos produzidos nos sete anos de fartura, e nos sete anos seguintes de seca, José passa a vender os alimentos a valores altíssimos para o alto Egito, conquistando assim, riquezas suficientes para comprar quase que a totalidade do território do alto Egito, e entregar a seu Faraó, um território muito maior ao final dos catorze anos.

O reencontro com a família
Durante a seca, que atingia toda a região, Jacó envia seus filhos para comprar mantimento no Egito. Ao chegarem ao Egito, encontram-se com José, mas não o reconhecem, porém José os reconhece, os trata friamente, e especulando sobre suas origens, os acusa de serem espiões. Quando José tem certeza de que são seus irmãos, os mantém presos por três dias, liberando-os para levar comida a seus familiares sob a condição de que um deles permanecesse no Egito, enquanto os demais traziam o irmão mais novo como prova de que não eram espiões.

José porém, mandou entregar os mantimentos comprados por seus irmãos e sem que eles soubessem, mandou também colocar o dinheiro deles de volta em seus pertences. Ao relatarem tudo que havia acontecido a seu pai, temeram, e após muita discussão entre eles, resolveram voltar com Benjamin, o filho mais novo.

Ao chegarem ao Egito, encontraram José e se curvaram a ele, que os questionou sobre a saúde de seu pai. José então, tomado pela emoção ao ver Benjamin, filho de sua mãe, se escondeu para chorar. Depois, durante uma farta refeição, se alegraram.

José porém, mandou plantar novamente dinheiro e bens nos pertences de seus irmãos, e quando eles tinham saído, mandou guardas atrás deles, questionando-os por que pagavam bem com mal. Ao serem levados à presença de José, ele se revelou, dizendo ser ele o irmão que havia sido vendido como escravo. A seus irmãos, disse também que o fato de eles o terem vendido era plano de Deus, e pediu que avisassem a seu pai que ele estava vivo e bem sucedido, e queria vê-lo.

O pensamento eleva a natureza do ser

A única forma de evolução real é o conhecimento. Conhecimentos de técnicas, habilidade e principalmente o auto conhecimento que fará o indivíduo entender o que pode fazer, sua real capacidade de evolução e aprendizado. Há milênios, se não tiver exagerando os governos incultem na cabeça das pessoas que precisam obedecer cegamente e trabalhar arduamente, trabalhar enobrece , mas a maioria esquece de pensar e refletir nas condições que vivem, se podem melhorar e como fazê-lo , reclamam daquilo que nem conhecem porque todo mundo faz igual,não ousam pensar diferente porque "não adianta" e então vivem no conformismo exacerbado daquele sociedade vitimizada que há muito inverteu os valores de dignidade e justiça e enaltece o " coitadismo" dos menos favorecidos.
Atualmente existem apoio ao ensino, mas nunca houve incentivo real para o aproveitamento e poucos são o que compreendem que a dedicação faz a diferença, lógico que estudar em boas escolas retorna em qualidade específica na vida do indivíduo, mas isso se dá realmente se esse mesmo indivíduo aproveitar essa condição com dedicação e afinco, então a qualidade do indivíduo é mais importante,sua dedicação e busca pelo conhecimento é que fazem a real diferença. O governo é ruim mas se nossa vontade for boa crescemos e podemos levar outros conosco, e apesar do cenário no final das contas quem faz a diferença é a determinação de cada um, reclamar é fácil, sair da zona de conforto e agir parece difícil para aqueles que não aprenderam a PENSAR.
O pensamento eleva a natureza do SER!
Ana Maria Vavassori

PRESENTES governamentais

Em meio ao avanço tecnológico e real acesso a informação as pessoas ainda acreditam que um governo dá alguma coisa para alguém ? O governo é sustentado pelo povo, e diga-se de passagem no luxo e aquilo que diz que dá ao povo, no caso o bolsa família é pago pela parte da população que trabalha e das " elite branca" que gera emprego para a população. O governo que deveria retornar os impostos que pagamos na forma de educação, saúde , segurança e transporte, usa mal o dinheiro público, permite desvio e desvia, aí na obrigatoriedade de manter-se no poder dá uma bolsa família em vez de dar educação que retornaria em profissão e melhoria efetiva da vida através do trabalho, e o povo aplaude feliz em continuar recebendo migalhas daquilo que pagamos. O governo "rouba", usurpa do povo e não dá nada a ninguém, quem dá somos nós trabalhadores desse país que pagamos a conta disso tudo, financiando o circo de poder ganancioso e imoral dos nossos representantes.
Ana Maria Vavassori

Notas do ENEM

Que o governo não faz a lição de casa é mais do que certo, mas a maioria dos pais deixa a desejar por não perceberem que estão criando analfabetos funcionais. Minha filha estudou em escola pública estadual no ensino médio e desde pequena eu cuidei da educação dela, li histórias e estudei com ela quando precisou , ela tornou-se ávida pela leitura e excelente aluna, tirou 920 na redação do ENEM 2014. Minha filha passou para uma conceituada faculdade de jornalismo, foi a 17 melhor em nota e na redação do vestibular tirou 8,5. Não sou da esquerda e não votei no PT e nem tão pouco apoio esse desgoverno que aí está .
O governo erra cruelmente com a educação, mas há que se observar que quem quer faz o seu melhor, independente do governo e de que lado vc está, esquerda ou direita, a diferença está no bom senso e coerência de cada um.
Usando bom senso aliado a dedicação e disciplina mudaremos qualquer realidade. Desculpas não levam ninguém a lugar algum, assim como reclamar por reclamar também não. Sou critica e reclamo, mas faço minha parte bem feita e acima de tudo respeito aqueles que pensam diferente de mim, pois o respeito é premissa básica do regime democrático vigente.
Ana Maria Vavassori



PLANEJAMENTO versus governo

Estamos vivenciado dias calorosos, comum ao verão, e me pergunto porque em algumas regiões faltam água na cidade e a cada tempestade, também comum ao verão, ficamos imediatamente s energia elétrica ?
Todo ano o mês de janeiro desenrola-se da mesma maneira, será que os responsáveis pelo fornecimento de água e energia elétrica não possuem um planejamento específico ?
Com tanta tecnologia disponível ninguém consegue prever e organizar adequadamente o atendimento ao cliente e a manutenção da rede ?
As tarifas aumentam consideravelmente e nunca recebemos descontos pelas horas que ficamos sem receber os produtos específicos.
Agora experimente atrasar um pagamento para ver ...
Ana Maria Vavassori

TRAFICANTE CONDENADO

Deixa eu entender, está todo mundo consternado com a morte do brasileiro fuzilado na Indonésia? Eu fico pensando nas pessoas que são afetadas pela existência das ações de um traficante. Ele sabia o que estava fazendo e se o fez, e foi pego porque caso não fosse, certamente estaria traficando esses anos todos, respondeu pelos seus atos. É horrível matar alguém assim ? Concordo ... Mas quantos são mortos diariamente por conta do tráfico?e quantas famílias são destruídas ?
‪#‎prontofalei‬
Ana Maria Vavassori

Consórcio da fé alheia

Sou muito observadora e estava aqui a pensar que algumas pessoas acham que são melhores que as outras, mais dignas e merecedoras do amor de Deus, e tudo isso, pasmem, baseado na sua mais pura suposição de que seja ela a pessoa certa, única no mundo que Deus cuida, e protege e tal.
Do tipo assim, eu sou boa e iluminada e abençoada e por isso tenho tudo na vida.
Tipo assim Deus virou consórcio cara pálida ? Ou propriedade privada que só cuida de vc ?
Nunca passou por essa tão "perspicaz" cabeça que Deus cuida de todos e, principalmente que Deus não é kinder ovo que trás surpresinha no docinho , que Deus tem capacidade e discernimentos próprios e , que talvez vc não seja a pessoa preferida no mundo pra ele ?
Deus é amor, amor de verdade, que envolve justiça, honradez, dignidade, generosidade e afeto.
Humm então vc é boa pessoa, merecedora do amor de Deus segundo sua teoria e julga seus semelhantes ?
Quando vc fala do problema alheio vc se coloca no lugar do outro generosamente ?
Pêra mas vc fala do problema alheio ?
Vc defende os que ama mesmo qdo estão errados ao invés de ser justo e corrigir o erro ?
Vc desculpa pequenos desvios de condutas dos " seus" e critica os mesmos desvios com severidade nos outros ? E finalmente vc valoriza as pessoas pelo que elas possuem e não pelo que são ?
Tenho péssimas notícias para vc, volte pro início e comece de novo!
Ana Maria Vavassori

Gratidão

Gratidão é a melhor forma que temos de encarar nossa existência e os percalços do dia a dia. Mesmo quando os dias tornam-se difíceis eu procuro agradecer, penso que tudo que vivenciamos nos torna melhor , e isso inclui os problemas e dificuldades.
Sou grata, pois a mulher que me tornei devo a cada problema que enfrentei, pois se meu caminho fosse só flores certamente não teria conhecimento da força que possuo.
Ana Maria Vavassori

Esse desgoverno não planeja nada aff

Esse desgoverno não planeja nada, deu desconto na conta da energia elétrica para fins eleitoreiros e de marketing e agitavam dis aumentos da tarifa de energia para o ano de 2015, não consegue prevê que com o calor que tem feito nós últimos verões, seria consumida mais energia ?
Com tanta ferramenta tecnológica de previsão e gestão que existe, esse povo do governo desgovernado não consegue se organizar ?
Na hora de cobrar usam todas as ferramentas imagináveis ou não ..,
Ana Maria Vavassori

Sábias palavras do padre Fábio de Mello

"Na vida a gente só sabe se ama alguém, só tem o direito de dizer a alguém “eu amo você”, depois de ter dito infinitas vezes a este mesmo alguém a frase: “eu perdôo você”, porque na verdade a gente só sabe que ama depois de ter tido a necessidade de perdoar. Antes do perdão a gente pode até ter admiração por alguém, mas admirar alguém ainda não é amar, porque admiração não nos leva a dar a vida pelo outro, não! Admiração é um sentimento, uma situação superficial, quase que externa, “eu admiro aquela pessoa”.
Mas eu sei que amo depois de ter olhado nos olhos, saber que errou, que não fez nada certo e mesmo assim eu continuo dizendo: “eu não sei viver sem você! Apesar de ter errado tanto, continua a ser especial pra mim!”.
A gente sabe que ama as pessoas depois de ter feito um exercício de olhar nos olhos no momento em que ela não merece ser olhada e descobrir ali ainda uma chance que ainda não acabou."
Padre Fábio de Mello

Educação o único caminho para a real democracia.

Brasil um pais para todos ?
Mas como acreditar nisso quando o governo sabidamente não investe de maneira adequada na educação ?
Triste realidade de um regime que diz ser democrático, mas que efetivamente não permite o conhecimento a toda população.
Sem conhecimento um povo não consegue exigir seus direitos, que por serem direitos deveriam ser proporcionado normalmente sem necessidade de brigar pelos mesmos.
Educação o único caminho para a real democracia.
Ana Maria Vavassori

Até quando aguentaremos essa insanidade governamental ?

Gostaria de entender porque nossa classe política precisa de tanta mordomia para representar o povo brasileiro, no meu entender seriamos muito melhor representados caso nossas necessidades básicas fossem atendidas, pois pagamos impostos cada dia mais altos e a educação está abandonada, a saúde continua um caos, a segurança inexistente quase a contento, mas nossos " ditos" representantes trabalham a peso de ouro, fora os luxos em moradia e viagens pagas pelo dinheiro público.
Acabamos de ter a conta da energia majorada e constantemente interrompem o fornecimento da energia e nem nos explicam o real motivo ou nos dão desconto, experimenta atrasar o pagamento pra ver.
Faltam leitos em hospitais para atender o cidadão, mas nossos representantes tem plano de saúde, pago com o dinheiro oriundo dos impostos que pagamos. É tanta incoerência que me pergunto até quando aguentaremos ostentar esse nariz vermelho que incansavelmente querem nos imputar.
Ana Maria Vavassori

ANIVERSÁRIO de 18 anos da minha preciosa filha.

O dia 24 de janeiro de 1997 foi o dia mais especial e inesquecível da minha vida, o dia que me tornei mãe e ganhei meu mais precioso presente, minha filha Anna Carolina Vavassori Demarche.
Filha amada, o bebê mais lindo, a menina mais querida e esperta, a adolescente mais comunicativa e agora a jovem promissora e dedicada, tenho muito orgulho de você, ser sua mãe é um privilégio e benção! Obrigada minha filha por me tornar melhor do que poderia ser.
Cada momento nosso é de evolução, amor e muito companheirismo, e nada nesse mundo tem maior importância do que nossa relação de mãe e filha, pois aprendo com você a cada ensinamento e direcionamento que como mãe faço, e evoluímos juntas em cada fase, cada descoberta colorindo de alegria cada etapa vencida e com méritos buscando a próxima.
Que Deus continue nos abençoando, e que essa caminhada seja repleta de harmonia e paz, para que o equilíbrio se fortaleça e que minha jovem filha seja cada vez mais feliz e iluminada !
Feliz aniversário minha preciosa, te amo daqui até a lua um trilhão de vezes ida e volta, de janeiro a janeiro, até o mundo acabar e além dele !
Ana Maria Vavassori

— com Anna Carolina Vavassori DEMARCHE

ENCONTROS ...

Durante muito tempo eu quis encontrar o amor e o procurei em cada canto, busquei nas pessoas aquilo que estava em mim, e então entendi que a única pessoa no mundo que vai me entender sou eu mesma, por isso tenho um caso de amor comigo e sou fiel aos meus sentimentos e dedicada em tudo que faço, detestaria me decepcionar...
Então eu sigo firme no caminho que defini, sou determinada e se me digno a fazer algo, o farei com esmero e dedicação.
Trago nos olhos a alegria de quem sempre amou com intensidade e aquele sorriso de canto de boca de quem sabe na pele o amor que provocou.
Não procuro mais o amor, eu o tenho em mim e o divido com aqueles que cruzam meu caminho, não me sinto sozinha com tanto por fazer, e se um dia o amor de outro me encontrar, eu saberei que aquele coração que bate no mesmo ritmo que o meu encontrou o caminho de volta para o que é seu pela eternidade.
Ana Maria Vavassori

Água ,,, raridade contida

Vivenciamos dias de um calor extremo que nos faz consumir ainda mais energia elétrica, que teve recentemente seu valor majorado, impostos que aumentam sem cessar, combustível mais caro e não obtivemos retorno adequado de tanto imposto cobrado, um desgoverno que nos desrespeita e afronta nossa capacidade de discernimento.
Impõe ao cidadão regras cada vez mais rígidas enquanto vivem no luxo proporcionado pelo povo e votam os próprios aumento de salário e benefícios, no mesmo instante que retiram do trabalhador brasileiro direitos conquistados com muita luta anos a fio.
Até quando permaneceremos nesse ciclo vicioso ?
Estamos perdendo os valores de dignidade e justiça em detrimento do comportamento daqueles que deveriam dar exemplo de civilidade, o certo se perde na inconstância do tanto faz, e estarrecidos observamos o planeta aos poucos " desistindo " dos seres ditos humanos , e que em prol do poder individual estão colocando em risco a existência de todos.
Ana Maria Vavassori



Fala da presidente ...aff

Para quem assistiu aquela senhora de amarelo falando na reunião ministerial, percebeu que combinou a cor da roupa com o discurso amarelo do tipo que fala e ninguém acredita.
Me causa vergonha que uma criatura dessa não admita a realidade e faça um mea culpa, fico estarrecida com a falta de vergonha na cara, a quem a criatura pensa que engana ?
Talvez pense ser ela " imexivel" será ?
O que não compreendo é que por muito menos Collor sofreu impeachment ...
Vamos aguardar quanto tempo o povo brasileiro aguentará ser feito de " idiota" na cara dura!
Esse desgoverno menospreza nossa capacidade de discernimento. Lamentavelmente !
Ana Maria Vavassori